domingo, 26 de abril de 2015

Outro Texto de Ellen White Adulterado pela Igreja ASD Movimento de Reforma

Desta vez o absurdo foi cometido no livro "O Maior Discurso de Cristo" cujo nome em inglês é "Thoughts from the Mount of Blessing". No qual os reformistas traduziram e mudaram o original para uma tradução que os beneficiassem em suas doutrinas contrárias a Bíblia e aos Testemunhos.

A imagem acima mostra quatro capas diferentes do mesmo livro. Duas capas do livro produzido pela igreja Adventista e as duas versões do mesmo livro produzidos pelos reformistas com o texto modificado.


No livro da igreja Adventista lemos na página 63:


"Mas Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera, e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério." Mateus 5:32

Enquanto que no livro reformistas chamado "Reflexões Sobre o Sermão da Montanha", nas páginas 73 final e 74 inicio, vemos uma outra tradução e um outro texto bíblico de uma tradução católica da Bíblia.


"Todo aquele," disse Ele, "que repudiar sua mulher, _ exceto por motivo de fornicação _ e desposar uma outra, comete adultério." Mateus 19:9 (A Bíblia de Jerusalém)

Depois de poderem ver com seus próprios olhos que os textos não são os mesmos, vem a pergunta crucial, por que os reformistas fizeram essa mudança no texto de Ellen White? Qual sua real intenção?

Essas são perguntas bem complexas para serem respondidas por quem somente viu e observou os fatos. O ideal seria que os tradutores desse livro falassem o porque fizeram a mudança sem autorização dos escritos originais, mas como eles provavelmente ficarão calados, eu vou tentar deduzir os motivos pelo que já conheço das suas doutrinas.

Na minha opinião o único motivo pelo qual fizeram isso, foi para iludir os membros, ou melhor, não deixar que seus membros sejam esclarecidos quanto a questão do divórcio e novo casamento. 

No texto de Ellen White a palavra usada foi fornication, como poderão ver se clicarem no print que fiz do site  www.egwwritings.org.


Texto em inglês retirado do site www.egwwriting.org:

"Among the Jews a man was permitted to put away his wife for the most trivial offenses, and the woman was then at liberty to marry again. This practice led to great wretchedness and sin. In the Sermon on the Mount Jesus declared plainly that there could be no dissolution of the marriage tie, except for unfaithfulness to the marriage vow. “Everyone,” He said, “that putteth away his wife, saving for the cause of fornication, maketh her an adulteress: and whosoever shall marry her when she is put away committeth adultery.”

Definições de fornication:

substantivo
sexual intercourse between people not married to each other.
"laws forbidding adultery and fornication"
sinônimos: extramarital sex, extramarital relations, adultery, infidelity, unfaithfulness, cuckoldry,premarital sex, hanky-panky
Pelo que podemos ver no original a palavra fornication pode ser traduzida por: sexo fora do casamento, relacionamento extraconjugal, adultério, infidelidade, imoralidade sexual (que foi usado no livro ASD), sexo antes do casamento e etc.

O significado de fornicação em português é: 

(baixo-lat fornicare) vti e vint 1 Ter relações sexuais ilícitas: Fornicar com prostitutas. Não fornicarás (Êxodo, 20,14 - trad. do Pe. Figueiredo). vtd 2 ch Importunar, maçar, mortificar.

Segundo o dicionário Michaelis online:
http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=fornicar


Mas para os reformista fornicação significa somente relação sexual antes do casamento e entre pessoas solteiras. O que não é verdade.

A minha tese de que eles mudaram para poder enganar é endossada quando se lê os estudo deles sobre divórcio e novo casamento que todos que tiverem interesse em ler poderão baixar o pelo link abaixo o estudo completo dos reformistas.

Estudo sobre divórcio e novo casamento da IASD-MR. Estudo 8 do livro "A mensagem de Deus ao povo do Advento"

Por que usaram a versão "A Bíblia de Jerusalém" e não de João Ferreira de Almeida"? Vamos ver a origem dessa versão segundo a Wikipédia.

"A bíblia de Jerusalém - Edições Paulinas edição de 1985 

A Bíblia de Jerusalém é a edição brasileira (1981, com revisão e atualização na edição de 2002) da edição francesa Bible de Jérusalem, que é assim chamada por ser fruto de estudos feitos pela Escola Bíblica de Jerusalém, em francês: École Biblique de Jérusalem. De acordo com os informativos da Paulus Editora,
A Escola Bíblica de Jerusalém é o mais antigo centro de pesquisa bíblica e arqueológica da Terra Santa. Foi fundada em 1890 pelo Padre Marie-Joseph Lagrange (1855-1938)."


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/B%C3%ADblia_de_Jerusal%C3%A9m

Como podem ver essa versão foi escolhida porque é feita por padres e a igreja católica também como os reformistas acreditam que o casamento só é dissolvido com a morte de um dos conjugues. 

Tudo que eles podem usar da igreja católica que os apoiem, eles usam. Deixam um claro assim diz o Senhor para seguir doutrina de demônios. Quem inventou essa doutrina de que não há cláusula de exceção na Bíblia vem da igreja católica e é mais um vinho que espalha para suas filhas.

Para quem se interessar abaixo podem conferir os textos dentro do contexto na íntegra.
Essas são copias do livro "O Maior Discurso de Cristo".








Essas são copias do livro "Reflexões sobre o sermão da montanha" vendidos pelos reformistas.
















11 comentários :

  1. essa versão sermão do monte da reforma é usada aqui no brasil

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por esse Sitio Eletrônico! estou gostando muito.

    ResponderExcluir
  3. não entendi.... "imoralidade sexual" e "fornicação" não tem o mesmo significado???
    logo tanto a versão adventista como a reformista estão corretas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse, eu não tinha feito um post explicando o assunto! Dai-me paciência Senhor!!! É muita ignorância para uma pessoa só.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Walleonys F. S. você precisa ler mais os textos de Ellen White e principalmente os livros que a sua igreja publica. Eu tenho um vídeo onde falo sobre esse tema da guerra. Tenho estudos aqui no blog sobre isso e sobre a mensagem de 1888. Foi lendo os livros da reforma e os EGW que percebi os erros dessa igreja que se diz reformadora. Não inventei nada do que está no blog. Eu tiro tudo de livros, principalmente dos livros da reforma.

      Em um livro chamado "A história do movimento de reforma" Alfons Balbach cita uma carta do filho de Ellen White onde ele diz que a mãe concordava com os membros servirem na guerra. E quanto aos membros poderem matar na guerra foi uma ordem local e não da igreja em massa, já que a guerra atingiu alguns países da Europa. O povo da reforma distorce a história e engana seus membros com essa história de a igreja apostatou. Se a igreja apostatou por um erro na Alemanha, então a reforma apostatou totalmente por causa de uma carta que a mesma fez ao governo da Romênia na 2ª guerra mundial. Também tem um vídeo no meu canal do youtube onde explico o caso e cito os livros que provam tal fato.

      Para finalizar, essa história de que a reforma prega a justificação pela fé de Waggoner e Jones é a maior mentira que contam para os membros e interessados. E o meio mais fácil de descobrir é perguntando a seus obreiros e pastores o que esses pastores pregaram em 1888 e verá que eles não sabem, tanto que pregam em seus sermões na igreja e em livros que nós nascemos com o pecado original e somos culpados pelo pecado de Adão. Também tenho vídeos no meu canal com pregações do pastor Joraí P. Cruz falando isso. E essa doutrina é da igreja católica e é contrária a mensagem de Ellen White e Waggoner e Jones de 1888. Estude mais e verá que está totalmente enganado sobre a reforma!

      Excluir
    2. Vc apaga os comentários Silvana, tem que deixar pra gente ler, quer deixar só o que te convém, só o seu lado.pra se tomar uma decisão precisa ouvir os dois lados.

      Excluir
    3. Não sei de que comentário está falando? Se leu as regras, só apago comentários que contenham links para os sites da reforma ou outros dissidentes. Ou aqueles que tem xingamentos. Se por acaso apaguei seu comentário era porque estava me xingando ou tinha links.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Seria interessante antes de afirmar algo, verificar a sua veracidade sobe pena de agir levianamente. Na Bíblia de Jerusalém, usada pela Igreja Católica, não consta no versículo 32, capítulo 5 o que foi afirmado no texto. Seria mais digno que antes de publicar alguma possível crítica a algo ou alguém, que se verificasse a fonte da "informação" e principalmente a veracidade. Mas ao que parece a ocupação e"missão" principal das seitas dos últimos tempos é atacar a Igreja Católica.

    ResponderExcluir
  7. Interessante, estou com uma Bíblia católica aqui, ela tem o verso 32 de Mateus, e diz exatamente o que foi postado.


    Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério.
    Mateus 5:32

    ResponderExcluir

Ao fazer seu comentário lembre-se de falar sobre o tema da postagem e não coloque endereços de outros sites e blogs. Não publico comentários que não estejam de acordo com as regras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...