segunda-feira, 14 de novembro de 2011

O Único Caminho da Felicidade


Dificilmente se encontra uma pessoa que seja capaz de dizer honestamente: Sou feliz! E é impossível se encontrar outra que não queira ser feliz, pois o principal objetivo de todos os seres humanos é alcançar a felicidade. Se existe alguém que não a deseje isso é devido a alguma anormalidade psíquica. 

Muitos tentam alcançar a felicidade por meio do dinheiro, da fama, da honra, do prazer ou até mesmo por meio da força. Outros recorrem às drogas (estimulantes ou tranquilizantes).



É impossível ao homem alcançar a felicidade mediante seus próprios esforços, já que ela não é algo que dependa de consecuções materiais.

Deus, ao criar o homem, fê-lo feliz, mas pelo afastamento de seu Criador, desobedecendo à Lei divina, o homem tornou-se infeliz. Por conseguinte, a felicidade só pode ser recuperada quando o homem retorna ao seu Deus e em seu coração são implantados, pela graça divina, os princípios da Magna Lei. O sábio Salomão, inspirado, afirmou: "...O que guarda a lei esse é feliz." Provérbios 29:18

A Lei de Deus é o padrão da felicidade para todos os homens. Consideremo-la como se encontra na Escritura Sagrada, no livro de Êxodo, capítulo 20, versos 2 a 17.

OS DEZ MANDAMENTOS

1) Não terás outros deuses diante de Mim.

2) Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na Terra, nem nas águas debaixo da Terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque Eu sou o Senhor teu Deus, Deus zeloso, que visita a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que Me aborrecem, e faço misericórdia até mil gerações daqueles que Me amam e guardam os Meus mandamentos.

3) Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão, porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o Seu nome em vão.

4) Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o Sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque em seis dias fez o Senhor os céus e a Terra, e o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou: por isso abençoou o dia de Sábado e o santificou.

5) Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na Terra que o Senhor teu Deus te dá.

6) Não matarás.

7) Não adulterarás.

8) Não furtarás.

9) Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

10) Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem cousa alguma que pertença ao teu próximo.

Após pequena consideração da Lei de Deus, chega-se à conclusão que o homem por si mesmo não tem possibilidade de obedecê-la. Guardá-la não se limita às ações praticadas exteriormente, mas obedecê-la no íntimo. Por outro lado, como podemos ser felizes desobedecendo seus sagrados princípios?

PODER PARA OBEDECER À LEI

"Visto como somos pecaminosos, profanos, não podemos obedecer perfeitamente a uma lei santa. Não possuímos justiça em nós mesmos com a qual pudéssemos satisfazer às exigências da lei de Deus. Mas Cristo nos proveu um meio de escape. Viveu na Terra em meio de provas e tentações como as que nos sobrevêm a nós. Viveu uma vida sem pecado. Morreu por nós, e agora se oferece para nos tirar os pecados e dar-nos Sua justiça. Se vos entregardes a Ele e O aceitardes como vosso Salvador, sereis então, por pecaminosa que tenha sido vossa vida, considerados justos por Sua causa. O caráter de Cristo substituirá o vosso caráter, e sereis aceitos diante de Deus exatamente como se não houvésseis pecado."

"E ainda mais, Cristo mudará o coração. Nele habitará, pela fé. Pela fé e contínua submissão de vossa vontade a Cristo, deveis manter essa ligação com Ele; e enquanto isso fizerdes, Ele operará em vós o querer e o efetuar, segundo Seu beneplácito." E. G. White, Caminho a Cristo, páginas 61, 62.

"Que a alma olhe para Jesus. 'Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.' João 1:29. Ninguém será forçado a olhar a Cristo; mas a voz do convite soa, em súplica anelante: 'Olhai e vivei'. Olhando a Cristo, veremos que o Seu amor é sem paralelo, que Ele tomou o lugar do pecador culpado, e lhe imputou Sua justiça imaculada. Quando o pecador vê o Salvador morrendo sobre a cruz, sob a maldição do pecado, em seu lugar, contemplando Seu amor perdoador, desperta-se-lhe no coração o amor. O pecador ama a Cristo, porque Cristo o amou primeiro, e o amor é o cumprimento da lei. A alma arrependida reconhece que Deus ' é fiel e justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça'." E. G. White, Mensagens Escolhidas, I, páginas 374, 375.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Ao fazer seu comentário lembre-se de falar sobre o tema da postagem e não coloque endereços de outros sites e blogs. Não publico comentários que não estejam de acordo com as regras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...